• 27 de November de 2020
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

O QUE É NOTÍCIA

Cinco desejos do viajantes para a próxima viagem à França

Cinco desejos do viajantes para a próxima viagem à França

Por: Paulo Panayotis | São Paulo - Brasil Categoria: Colunista

Cinco desejos do viajantes para a próxima viagem à França

 

Atenas, Grécia - É interessante pensar como o mundo do turismo sairá desta pandemia. Para mim, isolamento forçado é um  termo muito mais adequado ao #Covid19 do que Pandemia. Sempre que penso nisso, isolado aqui em Atenas, capital grega, me vem à cabeça um antigo desenho animado. Nele,  centenas de galinhas, isoladas e forçadas a conviver longo tempo juntas, saem em desabalada carreira quando alguém abre as portas do galinheiro por engano! E ninguém mais consegue segurar as ‘bichinhas”.  Assim, após acompanhar o webinar “Turismo na Franca - perspectivas para 2021”, da Câmara de Comercio França-Brasil (CCFB) em parceria com as empresas Turismo Francês, de André Raynaud e CCHotels, de Christiane Chabes, tive um recorte muito interessante do que as galinhas, digo, os turistas, farão na próxima vez em que puderem viajar para a França. Reitero que é um recorte baseado em indícios e solicitações neste período de incertezas, ok?  Veja, abaixo, alguns dos principais desejos dos viajantes para daqui a pouco, quando puderem viajar:

Torre Eiffel - Paris - França

1 - Saudades da “Cidade Luz”. As pessoas não veem a hora de voltar para a cidade mais visitada do mundo. Paris é sempre o desejo de viagem, seja para quem nunca foi, seja para quem já conhece e quer voltar. Segundo Christiane Chabes, CEO da CCHotels, “as atrações serão com menor número de pessoas, restaurantes terão regras de distanciamento e novos menus, parques e eventos ao ar livre serão alternativas de programas diferenciados. 

Para quando você for:

Hotéis que recomendamos: Observatoire, no Quartier Latin, excelente localização e custo benefício. Hotel Le Littré, na região de Montparnasse, é um dos hotéis preferidos de brasileiros que voltam todos os anos a Paris, bien sûr! Mandarin Oriental, um palácio moderno a dois passos do museu do Louvre, bem no coração da cidade. Impecável! E, claro, o hotel ícone de Paris e, porque não dizer, de todo o mundo,  o Plaza Athenée. Ah, que saudades…

Atrações sem multidões: Fondation Louis Vuitton, Museu Picasso, Place de Vosges, Parc Monceau e, claro, o Jardim de Luxembourg! 

Hospices de Beaune - Borgonha - França 
2 - Viajar de carro. É uma das formas de viajar que os brasileiros adoram! ’Sinônimo de independência de roteiros, escapada de multidões e acesso a lugares remotos, viajar de carro é a grande opção para quem quer ter seus próprios horários e escolher seus próprios destinos, afirma a jornalista Adriana Reis, especializada em turismo, tradutora de francês e uma eterna apaixonada pela ‘Cidade Luz’. “A França tem excelentes estradas e infraestrutura turística”, completa. Ela sugere roteiros com curtas distâncias, como  Paris - Região da Normandia (passando por Rouen, Le Havre, Étretat, Deauville e Mont Saint Michel) ou ainda Paris - Bourgogne (passando por Auxerre, Chablis, Dijon, Beaune). Ou alternativas com distâncias maiores como Paris - Provence (passando por Aix-en-Provence, Valensole, Gordes, Roussillon). 

Para quando você for:

A Avis oferece tarifas com franquia zero e motorista adicional, além de permitir que você alugue o carro numa cidade francesa e devolva em outra sem custo adicional, dependendo da cidade. Citando o portal O Que Vi Pelo Mundo você ainda tem benefícios especiais. Entre em contato com a Paola - avisbudgetgsa.com - e mencione nosso portal.

Hotéis que recomendamos: Le Cep, cinco estrelas, é o mais classudo e chique hotel da região, encravado no centro histórico e enogastronômico da Borgonha, a cidade de Beaune. Fale com Jean-Claude Bernard, o simpático proprietário e cite nosso portal. 

Hotel Le  Richebourg, na magnifica região de Vosne-Romané, é nosso quatro estrelas preferido e fica literalmente dentro dos vinhedos da icônica uva da região a pinot noir.

Jornalista Adriana Reis em Courchevel - França
3 - Vivências na natureza.Em todas as épocas do ano, a França possui uma infinidade de opções para passeios em meio à natureza”, explica André Raynaud, fundador da empresa Turismo Francês. “Chamado de ‘País verde’, tem dezenas de lagos, parques naturais, águas termais, além de estações de esqui com atrações ao longo do ano todo”, completa ele. Isso mesmo, fora do inverno as estações de esqui se transformam em lugares ideais para caminhadas, piqueniques à beira de riachos e lagos. Há ainda possibilidade de visitar fazendas, conhecer a produção de queijos, andar a cavalo, ou simplesmente descansar num chalé diante da exuberância das paisagens que mudam de cor de acordo com a época do ano. 

Para quando você for:

As estações de esqui como Courchevel e Chamonix nunca perdem seu charme. Clássicas e cheias de atrações, elas tem hotéis espetaculares, restaurantes estrelados, lojas de roupas famosas e muito charme.

Hotéis que recomendamos: L’ Héliopic, na cidade de Chamonix, tem um excelente custo-benefício. Além do seu incrível spa, tem garagem e fica literalmente aos pés do teleférico que dá acesso à Aiguille du Midi.

Suite Admiral do Hotel Le Guanahani - St. Barth
4 - Ficar em um local somente seu, com isolamento, seguro e com muito conforto.Quer uma praia praticamente deserta com serviço cinco estrelas? A Côte d´Azur tem”, afirma Christiane Chabes, da CC Hotels. “Mas se quiser experimentar a França ultramarina, nossa sugestão é St. Barth”, completa. A ilha de Saint Barthélemy no Caribe, St. Barth para os mais íntimos, é Paris na praia. Sim ela faz parte da França. Este pequeno paraíso tem tudo o que há de melhor da cultura, hospitalidade e gastronomia francesas com aquelas praias inacreditavelmente lindas do Caribe. Além dos bares, restaurantes e hotéis incríveis, o grupo Barrière acaba de abrir seu exclusivo hotel Le Carl Gustaf. Entre os hotéis que recomendamos está o Le Guanahani, e o recém aberto Carl Gustaf, do grupo Barrière. O toque de sabor do mediterrâneo no restaurante Shellona (que significa tartaruga em grego) do Carl Gustaf, está a cargo do chef grego Yannis Kioroglou. A ilha já foi reaberta aos turistas brasileiros, e segundo as regras atuais, é preciso apresentar teste negativo de #Covid19 na imigração. 

Para quando for: 

Faça tudo ou não faça nada. St.Barth, para mim, é a ilha mais sofisticada de todo o Caribe e cobra por isso. Mas, creia, entrega muito mais do que o dinheiro pode pagar! Então, nem vou dizer aqui tudo o que você pode fazer por lá, basta saber que é possível fazer tudo o que você imagina. 

Hotéis que recomendamos: Le Guanahani, onde fiquei hospedado na Suite Almirante, em cima de um rochedo à beira mar.  Le Barthélémy, Le Sereno, Le Village também são opções. O Hotel Carl Gustaf está na nossa #wishlist. Para mim, somente experimentando para crer!

Jornalista Paulo Panayotis com Citroen C2 em Gordes na Provence - França 
5 - Sustentabilidade e conhecimento. São dois fatores que influenciam os novos viajantes na hora da escolha do destino e do roteiro. E essa é a marca da província, ou, Provence, no interior da França, a região agrícola mais chique do planeta! Energia solar, extratos de plantas que se transformam em perfumes e óleos essenciais, produtos orgânicos direto das fazendas para a mesa, vinhos refrescantes e uma infinidade de cores marcam a região da Provence, que na realidade se chama Provence-Alpes-Côte d’Azur, ou PACA. Aqui o “savoir-faire à la française” (ou , o saber fazer à francesa) está nos mínimos detalhes. Entre campos de lavanda e de girassóis, mergulhe no lago St. Croix, caminhe pelas terras coloridas de Roussilon ou vá ao vilarejo de Gordes no dia que acontece a feira livre. Embutidos e queijos artesanais, vinhos pouco conhecidos, temperos frescos e secos revelam o modo de vida ‘à provençal’. Très chic!

Para quando for:

Não deixe de visitar cidades consagradas como Gordes, que fica pendurada em cima de um grande rochedo e com muitos artistas locais. Se perca pelo interior desta região única e ainda extremamente original que guarda segredos e sabores que somente lá você poderá provar. Se puder, alugue um Citroen C2, clássico e “bon voyage mon ami”! (boa viagem meu amigo).

Hotéis que recomendamos: La Bastide de Marie, que pertence ao conceituado grupo Maisons et Hôtels Sibuet  Sibuet, e La Bastide de Gordes, um dos hotéis com a distinção ‘Palace’ de cinco estrelas excepcionais. 
Crédito das fotos - ©O Que Vi Pelo Mundo - Jornalistas Paulo Panayotis e Adriana Reis 
O jornalista viaja com patrocínio de apoio Avis, Travel Ace e Alitalia.