• 18 de October de 2017
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

O QUE É NOTÍCIA

Cinco dicas infalíveis em Atenas, Grécia!

Cinco dicas infalíveis em Atenas, Grécia!

Por: Paulo Panayotis | São Paulo - Brasil Categoria: Colunista

Cinco dicas infalíveis em Atenas, Grécia!

Meu nome não nega. Sou filho de grego. Nasci no Brasil, mais especificamente em São Paulo. Cresci falando os dois idiomas: na escola, português, em casa, grego. Aqui no Brasil me sinto grego. Lá, na Grécia, me sinto brasileiro. Ao menos uma vez por ano visito meus primos, tios e sobrinhos em Atenas! Estou embarcando daqui a algumas semanas. Então, hoje vou dar cinco dicas imperdíveis para você que nunca esteve na terra dos Deuses do Olimpo... ou mesmo para quem já foi, se apaixonou e quer voltar. Endaxi?(Ok, em grego)


Parthenon na Acrópole, Atenas, Grécia.

Museus arqueológicos gregos
Há vários museus arqueológicos em Atenas que merecem a visita. Desde o Museu Arqueológico Nacional de Atenas, um dos maiores e mais importantes, até o novo Museu da Acrópole de Atenas, inaugurado no final de 2009. 
Dica: programe-se para visitar estes museus nos períodos mais quentes do dia, especialmente se for verão na Grécia. Um bom ar condicionado quando os termômetros passam dos 40 graus é redentor...

Acrópole, com Parthenon
Ir à Grécia e não visitar a Acrópole é como ir ao Rio de Janeiro e não conhecer o Pão de Açúcar. Acrópole significa "cidade construída no alto, na beira". Trave o primeiro contato com os Deuses gregos neste local sagrado, que representa o espírito helênico até hoje. A Acrópole grega é famosa pelo magnífico Parthenon, erguido em homenagem à deusa Atena ou Athina (daí a origem do nome).
Mais do que falar sobre ela, você tem que ver, sentir, tocar.
Dica 1: No alto verão europeu (julho a agosto), quando as temperaturas passam facilmente dos 38, 40 graus, vá pela manhã, até porque a subida é feita a pé! Sob um sol de rachar, principalmente com crianças ou pessoas mais velhas, o passeio pode se tornar inesquecível...
Dica 2: Leve protetor solar e procure usar um boné ou chapéu. Sapatos confortáveis são essenciais!
Serviço: Abre sete dias por semana. Entrada: 12 euros (inteira).  



Jovens curtem o bairro Plaka... ferveção dia e noite.

Plaka, o bairro boêmio aos pés da Acrópolis
O bairro boêmio da Plaka é um dos mais bonitos, interessantes e, até certo ponto, autênticos de Atenas. Dezenas de restaurantes (a grande maioria turísticos) espalham-se pelas ruas aos pés da Acrópole, no centro da capital grega. Reserve um dia inteiro para conhecer melhor, passear, fazer compras, enfim, se perder por lá. Se ainda tiver pique, assista a um show típico de Bouzoukia à noite.
Dica:Evite os restaurantes que são, na maioria, ruins e muito caros.
Serviço: Plaka, bairro boêmio grego aos pés da Acropole.
Metrô: Estação Acropole


Ágora, onde Platão dava aulas...
Ande pelas ruas estreitas, multicoloridas e barulhentas próximas ao Mercado Central de Atenas e sinta-se um grego. Não qualquer um, mas um discípulo dos grandes mestres da filosofia! Neste mercadão, conhecido como "Ágora" (compra em grego), Sócrates, Aristóteles e Platão davam aulas ao ar livre. Sim, continua no mesmo local há milhares de anos embora tudo tenha mudado bastante. Mas imaginar não custa nada, não é mesmo? Então aproveite e perambule pelas bancas de azeitonas carnudas, cabeças de cordeiros frescas e especiarias aromáticas.
Dica: não perca a chance de comer em algum dos pequenos restaurantes onde os comerciantes locais almoçam. Peça um "Souvláki", espetinho de cordeiro,franngo ou porco , fritas e "chorta", uma hortalíça típica. O pão e a água vêm à mesa sem que precise pedir... e se não vier, peça. Na maioria das vezes o pão é fresquinho, cascudo e muito, muito barato!
Kalí ôrexi! (bom apetite em grego)
Serviço: Agora ( Mercado Central)  


Greek salad... sem erro!

Sabores mediterrâneos
Para quem tem restrições ou é pouco arrojado à mesa: Salada grega clássica(Greek Salad). Tomate, pepino, cebola roxa, azeitonas e queijo “Feta” de cabra. Tudo regado com muito azeite de oliva extra virgem!
Dica. Mesmo sem pedir a grande maioria dos restaurantes manda para a mesa uma porção de pão e água. O pão é cobrado, mas é barato. A água é cortesia.
Para quem quer conhecer: Taramasalata e Tzatziki.

Caviar grego: Taramasalata

Pela ordem, o primeiro é um paté de ovas de peixe(caviar mesmo) de peixes do mediterrâneo. Passe sobre o pão e coma rezando. É muito barato e encontrado em quase todo lugar.


Patê típico grego, o Tzatziki refresca no verão 

Tzatziki é outro paté feito com pepinos ralados dos quais se extrai toda a água, alho fresco, dill, azeite extra virgem e yogurte grego. Também tem que comer com pão. Muito barato. Algo sempre presente nas casas dos gregos.
Para quem quer ousar: Skordalhá. Outro paté, feito a base de batatas cozidas, dill e alho fresco. Fortíssimo, saborosíssimo e baratíssimo. Mas tem que ser bem feito. Como comer? Com pão, claro!

Prato nacional na Grécia,o cordeiro é muito apreciado e consumido em festas.

Pratos nacionais: Vá de cordeiro. De todas as formas: refogado, ensopado, no forno ou na brasa!


Moussaká, astro por todo o território helênico.

Outro prato mandatório é experimentar o Moussaká! Espécie de lasanha grega, só que com berinjela assada no lugar da massa e recheada com carne moída, camadas de molho bechamel e gratinada ao forno. Divina!
Dica: não perca a Taverna do Psiris, no centro de Atenas.


Paulo Panayotis tomando frapê em algum lugar da Grécia...

Mais dicas? Vai lá no portal www.oquevipelomundo.com.br. Mais dúvidas? Escreva para mim no contato@oquevipelomundo.com.br
E não se esqueça de que quando é verão aqui no Brasil é inverno na Grécia... e vice-versa!
Kalô taxidi! Boa viagem em grego!

GALERIA DE IMAGENS

CLIQUE PARA AMPLIAR AS IMAGENS