• 20 de October de 2017
  • LANGUAGE:
    • English
    • Español
    • France
    • Chinese
ONDE IR? COMO IR? O QUE FAZER? COMECE A VIAJAR AQUI...

O QUE É NOTÍCIA

À la provençal: alegria para corpo, mente e alma!

À la provençal: alegria para corpo, mente e alma!

Por: Paulo Panayotis | São Paulo - Brasil Categoria: Colunista

Valensole, Provence, França -  Provence sempre foi uma parte da França que estava nos meus planos de viagem. Mas na primeira vez que fui cheguei tarde para ver os campos de lavanda em seu período de esplendor. Era outono e os quatro dias do mês de outubro que passei por lá foram frios e com uma fina chuva. Resultado: ficou aquela enorme vontade de voltar. Desta vez, escolhi cuidadosamente a data: o mês de julho, em pleno verão europeu. A escolha não poderia ser mais acertada: sol intenso, temperaturas agradáveis, campos de lavanda que não saem da minha mente, hospitalidade, sabores provençais inesquecíveis... Enfim, amei tudo. A Provence realmente deixa saudades.


Campos de lavanda antes da colheita: show de cores e aromas!
Não escolhi apenas a data, tive que escolher as cidades, já que infelizmente não dava tempo para conhecer todos os incríveis e charmosos vilarejos. Desci no aeroporto Marignane, em Marselha, aluguei  um carro e segui pela autoestrada A 51 até a saída para Valensole, que escolhi como base para conhecer parte do roteiro da lavanda. O trajeto é de cerca de 100 quilômetros. Meu roteiro começou por Valensole, passou por Manosque, Moustiers-Sainte-Marie, Bonnieux, Ménèrbes, Roussilon e Gordes. Ah, me perdi no caminho para a Garganta do rio Verdon (Gorges du Verdon) e, sem programar, fiz uma parada para um belo piquenique às margens do lago Sainte-Croix. Mas a Provence é muito mais...

Joaninha se alimena de lavanda em flor

Valensole é um autêntico vilarejo provençal com cerca de três mil habitantes. Bem vindo à Provence! Bem vindo à Valensole!Uma curiosidade: Conhecida no mundo todo, a Provence não é uma região administrativa, mas sim uma área que engloba partes da "PACA", o acrônimo de Provence, Alpes e Côte d’Azur, que é uma das 21 regiões administrativas da França. PACA faz fronteira ao norte com a região de Rhône-Alpes, a oeste com o Languedoc-Roussillon e a leste com a Itália. Mas não se preocupe, é só falar a palavra Provence e todos conhecem.

Sabonetes a base de lavanda: perfumadíssimos
Uma dica: Não se engane com as pequenas distâncias. Primeiro porque você vai querer parar em muitos campos de lavanda, segundo porque as estradas são pequenas e com muitas curvas.Uma sugestão: Oficialmente, há seis rotas da lavanda, mas você pode mesclar elas e criar novas e diferentes rotas a seu gosto. Tem ainda a rota das oliveiras e a rota dos vinhos. Está tudo lá no portal O Que Vi Pelo Mundo.Nesta viagem não fiz as grandes e mais conhecidas cidades da provence... Aix-en-provence, Avignon, Arles, Nîmes, entre outras. Voltei neste ano para Provence e acabei conhecendo outra pequena grande parte desta região que não canso de visitar.

Bicicleta típica provençal com macarons, doces típicos franceses
Quer mais dicas? Mais informações? Um roteiro personalizado? Ou simplesmente viajar um pouco mais sem sair de casa? Então navegue aqui pelo portal oquevipelomundo.com.br que tem muito mais dicas sobre onde ficar, o que comer, o que é imperdível.

Museu da Lavanda com Citroen C2 de 1973
Ah, e se tiver dúvidas ou quiser mais inspiração, manda um e mail para mim no ppanayotis@oquevipelomundo.com.br .Terei prazer em “viajar” com você para esta e outras regiões da França e do mundo, ok? E nunca se esqueça do meu lema: “não gaste dinheiro com bobagem... gaste com viagem!”.

Jornalista Paulo Panayotis com Rolls Royce do Hotel Le Pigonnet, recentemente renovado.
Fotos : Paulo Panayotis e Adriana Reis

GALERIA DE IMAGENS

CLIQUE PARA AMPLIAR AS IMAGENS